O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

O APRENDIZADO DA SAUDADE


Aprendei a desfrutar da saudade.
Porque não vos deveis recordar do passado com a frustração da perda, mas com a alegria do encontro. E, decerto, nada ou ninguém perdestes, que por um tempo não tenha feito parte da vossa vida.
Ninguém perde, senão aquilo que já foi seu. E nada ou ninguém o destino vos leva, que não tenha trazido aos vossos caminhos. Comemorai, pois, a chegada, em vez de lamentardes a partida.
Não é a ausência de hoje, que deveis procurar na saudade; mas a presença de ontem. Porque a primeira vos fará sofrer, enquanto a outra será o vosso conforto, quando tristes e sós vos sentirdes.
Guardai-vos de lastimar porque se foi a juventude; recordai, antes, os vossos amores e as vossas brincadeiras daqueles tempos. Assim a tereis de volta, superando os achaques e as dores da velhice.
Não lamenteis os seres amados que se foram; estarão ao vosso lado, enquanto deles conservardes as melhores lembranças. Cada um dos vossos amores viverá, enquanto estiver vivo em vós.
Esta é a lição: o que existe, para vós, é o que existe em vós. Se alimentais a tristeza, por certo ela vos dominará; se, entretanto, optardes por conviver com a alegria, é ela que seguirá convosco.
Se vos entregais ao desânimo, vereis que ele crescerá, até tolher os vossos passos. Se, porém, escolheis a esperança, ela vos acolherá em seus braços e suas asas vos levarão muito mais longe.
Afastai de vós a sensação de solidão e perda que, muitas vezes, vos desperta a saudade; buscai, antes, o conforto de através dela reviver emoções que ao longo do tempo aqueceram a vossa alma.    
Vivei, intensamente, cada um dos vossos momentos; assim eu vos tenho dito. E, se o fizerdes, descobrireis que as suas lembranças estarão enraizadas em vossos corações por todo o tempo.
Em verdade, nada ou ninguém que exista neste mundo vos pertence; a tudo e todos aqui deixareis, quando vos fordes. Entretanto, as recordações são vossas; e estas, sim, levareis para sempre.
Aprendei, portanto, a conviver com a saudade. Porque nenhum homem que caminhe sobre a terra chegará ao fim do percurso sem encontrá-la em seus caminhos e experimentar o seu abraço.   
Não deveis temê-la, porém. A saudade não é vossa inimiga, mas a ferramenta de que dispondes para viajar pelo passado e aprender com vossos erros e acertos; com vossas dores e alegrias.
Vivei os vossos momentos e os vossos amores, sem temer a saudade que amanhã vos poderão trazer. Acreditai-me: ruim não é sentir saudade, mas passar pelo mundo sem emoções e lembranças.
Sem algum motivo para sentir saudade.


Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/marco/1_pianos_magicos_memory.mid

Eu amo esta música: https://youtu.be/Npmagvjg_5c

33 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Lindo post, bela música, Árabe!
Bom fim de semana, beijos.
Depois vou olhar o vídeo. Bjs

25 de agosto de 2017 23:12  
Blogger Olhos de mel disse...

Amei o vídeo! Essa música ė muito linda! Beijos

25 de agosto de 2017 23:17  
Blogger ✿ chica disse...

Muito lindo e sempre profundo! Há saudades que não queremos nem pensar em sentir, já doem antes... abração,chica

26 de agosto de 2017 02:43  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola Árabe!!!

Por aquí y me quedo prendada de tus lecciones de vida y de esa música mágica, un diez por y para esta entrada maravillosa.

Gracias por darnos tanto y tan bello.
Un abrazo de esta amiga que no se olvida de este espacio, donde uno aprende dejar ir para seguir viviendo.

Hasta pronto, con mi gratitud.

26 de agosto de 2017 04:56  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Amigo Àrabe
mais um belo texto repleto de ensinamentos e verdades.
e concordo com a seguinte frase
cito
"Acreditai-me: ruim não é sentir saudade, mas passar pelo mundo sem emoções e lembranças. Sem algum motivo para sentir saudade."
desejo um belo fim de semana para você
beijinhos
:)

26 de agosto de 2017 07:54  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Ninguém tem saudade do que não foi bom, o que guardamos na lembrança não está perdido, ao contrário, estará conosco para sempre...
Saudade é a certeza que vivemos momentos bons...

Bom fim de semana, meu amigo Árabe, que seja de paz junto aos seus...

Beijos...

26 de agosto de 2017 11:20  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...


Como eu preciso de aprender sobre a saudade.

Tenho comigo durante alguns dias os meus familiares

que vivem na Irlanda, entre eles 3 crianças. Quando

forem embora vai ficar uma tão grande saudade...

Foi bom ler o seu texto, aliás como sempre.

Um abraço amigo.

Irene Alves

26 de agosto de 2017 12:55  
Blogger Fá menor disse...

«Se, porém, escolheis a esperança, ela vos acolherá em seus braços e suas asas vos levarão muito mais longe.» Convém ter sempre isso presente. Muito grata pela pertinência dos seus textos.

Boa semana!
Abraço.

28 de agosto de 2017 03:46  
Blogger Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa tarde, amigo Árabe, falar em saudade, parece que nos remete a dor,
mas com certeza é uma dor boa de sentir, pois nos traz à lembrança momentos vividos por nós.
Toda a saudade nos traz de volta algo com o qual convivemos ou amamos, sempre há a saudade em algo que nos foi bom. Tenho muitas saudades de tudo que deixei para trás.
Belíssimo texto. Abraço!

28 de agosto de 2017 09:54  
Blogger São disse...

Reconheço a ta sabedoria, como sempre.


Porém, saudade é algo muito difícil para mim...das coisas mais complicadas com que devo lidar.


Abraço caloroso, meu querido amigo

28 de agosto de 2017 10:54  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Boa tarde Árabe!

Falar de saudades não é muito fácil pra mim, prefiro não sentir saudades de muitas coisas, triste mas é verdade! Ótima semana e um abraço grande. Gostei de tudo, muito grata!

28 de agosto de 2017 11:24  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

É preciso aprender a lidar com a saudade!!!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

28 de agosto de 2017 12:16  
Blogger CÉU disse...

A saudade é um sentimento como qualquer outro e devemos tratá-lo como tal. Foi bom, passou, e hoje se vivem as boas recordações. Foi mau? Ninguém tem saudade de coisas ruins, acho eu, meu amigo.

Ainda vou demorar a voltar, tal com antes, pke as reformas aqui em casa, estão demoradas e hoje, de tarde, choveu imenso. Chuvas de verão, que tão bem me souberam.

Um abraço amistoso pra você e família.

28 de agosto de 2017 13:33  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu amigo e bom Árabe,
Mais um texto repleto de pérolas de conhecimento para reflexão.
A saudade não deve ser um coisa ruim, nostálgica, que nos parta o coração carregada de sentimentos negativos, mas sim, como diz e não posso deixar de estar mais de acordo, (se bem entendi) transportar-nos para os momentos belos que vivemos, que sentimos e que "estão enraizados em nós"! Assim sinto e vou tentando conviver com a saudade e tantas que sinto principalmente de pessoas que já partiram!
As músicas são lindíssimas e em completa sintonia com o texto.
Um beijinho e continuação de boa semana.
Ailime

29 de agosto de 2017 11:35  
Blogger Smareis disse...

Boa tarde amigo Árabe!
Se sentimos saudades de algo ou de alguém é porque o objeto da saudade nos trouxe felicidade.
"A saudade é o que faz as coisas pararem no Tempo." Frase escrita pelo grande Mario Quintana.
Um bonito texto que me levou a reflexão enquanto lia.
A música é belíssima.
Desejo que o mês de setembro seja de muitas bênçãos em sua vida.
Abraços!
Um ótimo dia!
Tem atualização por lá.

31 de agosto de 2017 09:16  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel; e estamos inteiramente de acordo, especialmente sobre o vídeo. Como disse, eu amo essa música! Entre todas as que mais gosto, essa deve estar em segundo ou terceiro lugar. Bom fim de semana!

1 de setembro de 2017 17:03  
Blogger O Árabe disse...

Isso que é interessante, Chica: as saudades doem, sim... mas confortam, ao mesmo tempo! :) Obrigado, amiga; bom fim de semana.

1 de setembro de 2017 17:04  
Blogger O Árabe disse...

Marina, amiga, minha gratidão por tua amizade e gentileza de sempre. Bom fim de semana!

1 de setembro de 2017 17:06  
Blogger O Árabe disse...

É mesmo, não é, Piedade? Acho que o momento momento em que nos descobrimos poetas, é aquele em que pela primeira vez sentimos saudade! Obrigado, bom fim de semana.

1 de setembro de 2017 17:09  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Arco-Íris, e gostei muito desta frase: "Saudade é a certeza que vivemos momentos bons...". Com certeza, e é por isto que vale pena sentir saudade! Bom fim de semana, minha miga, fique bem.

1 de setembro de 2017 17:10  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Irene... e a saudade vai prolongar esses bons momentos que vocês vivem agora! Obrigado, amiga; bom fim de semana.

1 de setembro de 2017 17:12  
Blogger O Árabe disse...

Grato a você, Fa, pela gentileza e amizade. Bom fim de semana!

1 de setembro de 2017 17:12  
Blogger O Árabe disse...

Como não ter, não é, Marli? Sentir saudades do que deixamos para trás é a melhor prova de que vivemos bem! Obrigado, bom fim de semana.

1 de setembro de 2017 17:14  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, São: como é difícil, por vezes, lidar com a saudade! Mas ainda assim, amiga, ela nos faz sentir vivos, sempre! Meu abraço, bom fim de semana.

1 de setembro de 2017 17:16  
Blogger O Árabe disse...

Entendo, Maria Luzia... mas não adianta muito, não é? A saudade é um daqueles sentimentos que não conseguimos arrancar de nós; até porque tem a ver com nossas lágimas e nossos sorrisos, ferramentas de nosso aprendizado! Obrigado, minha amiga; bom fim de semana.

1 de setembro de 2017 17:20  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Isy, mas acredita-me: este é um aprendizado lento, e muitas vezes nos acompanha por todo o caminho! :) Obrigado, bom fim de semana.

1 de setembro de 2017 17:22  
Blogger O Árabe disse...

Um sentimento como qualquer outro, Céu? Talvez... ou, quem sabe, a lembrança viva de todos os nossos sentimentos passados? E , por falar nisto, estamos com saudade de teus posts! :) Bom fim de semana, minha amiga.

1 de setembro de 2017 17:24  
Blogger O Árabe disse...

Isso mesmo, Ailime! Há duas formas de encarar a saudade: uma é reviver a felicidade que passou, e outra é sentir tristeza porque já passou. Pessoalmente, prefiro a primeira; mas a verdade é que a saudade é uma curiosa mescla das duas. :) Talvez por isso, gosto tanto desse vídeo; como você disse, em perfeita sintonia com o texto. Obrigado, minha amiga; bom fim de semana!

1 de setembro de 2017 17:28  
Blogger O Árabe disse...

Vou conferir a atualização, com certeza, Smareis! E estou completamente de acordo com o seu comentário... e com o sábio e lírico Quintana! :) Obrigado, bom fim de semana.

1 de setembro de 2017 17:29  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Maravilhoso final de semana Árabe! Fica com Deus! Abração.

1 de setembro de 2017 18:40  
Blogger Ateliê Tribo de Judá disse...

Infelizmente a vida tem dessas coisas, por isso prefiro manter alguns amores intactos ....não os tenho além de minha imaginação, esses vão permanecer lindos, românticos e perfeitos. rsss
Beijos
Joelma

2 de setembro de 2017 03:25  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Maria Luzia; para você também, amiga. Um maravilhoso fim de semana!

2 de setembro de 2017 15:45  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Joelma... às vezes, esta é a melhor forma de manter os sonhos vivos: deixar que sejam apenas sonhos. :) Obrigado, bom fim de semana.

2 de setembro de 2017 15:46  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky